Follow by Email

Pesquisar este blog

COMO EU FAÇO


Unidade de Vigilância e Fiscalização Sanitária em Zoonoses Paulo Dacorso Filho – UPDF

É uma Unidade da Subsecretaria de Vigilância, Fiscalização Sanitária e Controle de Zoonoses, da Secretaria Municipal de Saúde, com competência para atuar no planejamento, coordenação e execução de ações de Vigilância Sanitária e Epidemiológica visando o controle e a prevenção de doenças, riscos e agravos à saúde pública causados por reservatórios animais e vetores, no âmbito do Município do Rio de Janeiro – (Decreto Municipal nº 33.360 de 17/01/2011).

ATUAÇÃO:
  • Vigilância e Fiscalização em Estabelecimentos de Interesse em Medicina Veterinária :  
Feiras, Exposições  e eventos com animais
Hospitais Veterinários
Clínicas Veterinárias
Consultórios e Ambulatórios Veterinários
Estabelecimentos de Diagnóstico Veterinários
Pet Shops
Lojas de Produtos Veterinários
  •  Vigilância e Fiscalização Sanitária de Instalações e Criação de Animais :
Criação de Cães e Gatos
Criação de Cavalos, Bois, Porcos e Outros
Vigilância e Fiscalização Sanitária e Controle de Animais Reservatórios , Vetores de Doenças e Peçonhentos:
Pombos
Morcegos
Roedores
Carrapatos
Pulgas
Lacraias
Escorpiões
Aranhas
Caramujos
  • Remoção de Animais domésticos causadores de riscos e agravos à Saúde Pública:
Animais doentes (suspeitos de zoonoses)
Animais feridos, atropelados, etc
Animais agressores / agressivos (cães e gatos)
  • Vigilância Epidemiológica e Profilaxia da Raiva Animal:
Vacinação Antirrábica em Campanhas Postos Permanentes de Vacinação
Remoção de Cães e Gatos agressores e observação clínica por 10 dias na Unidade
Observação  na Unidade e domiciliar de cães e gatos agressores
Encaminhamento de vítimas ao tratamento preventivo antirrábico em Unidades da Prefeitura
Encaminhamento de material diagnóstico laboratorial da Raiva
Ações de controle em áreas de foco de Raiva
Ações de monitoramento e  captura de morcegos
  • Vigilância Epidemiológica de Leishmaniose Visceral :
Investigação e Busca Ativa de casos da doença em cães em áreas pactuadas e a partir de solicitações da população
Ações de controle de foco de Leishmaniose
  • Vigilância Epidemiológica da Esporotricose Felina :
Investigação e Busca Ativa de casos da doença em  felinos a partir de solicitações da população.
Ações de controle de foco de Esporotricose
  • Ações Educativas:
Palestras em Escolas,  Instituições, Associações de Moradores e Condomínios.
Eventos Educativos  com estandes e distribuição de folhetos informativos

3 comentários:

  1. ola,qual providencia a tomar, a rua onde moro esta repleta de galos soltos berrando dia e noite? grato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por favor faça sua solicitação pelo 1746 para que possa ser atendida.

      Excluir
  2. Os atendentes do call center da central 1746 não passam a informação correta quando ligamos, deveria ter uma integração para fazer uma reciclagem entre eles.

    ResponderExcluir