Follow by Email

Pesquisar este blog

Carregando...

segunda-feira, 22 de junho de 2015

UM POTRO DE SORTE

No fim do mês passado, uma equipe do Centro de Zoonoses Paulo Dacorso Filho - CPDF -  realizou uma ação noturna para remoção de um potro na Ilha do Governador. O animal estava em logradouro público, e, segundo relatos das pessoas que o acompanhavam até a chegada dos profissionais, foi vítima de maus tratos. 

No dia anterior, naquela mesma localidade, foi removido um equino adulto com um olho perfurado, que já foi encaminhado à Fazenda Modelo, da Secretaria Especial de Promoção e Defesa dos Animais - SEPDA. Mas o potrinho estava em piores condições, já que apresentava uma fratura na tíbia do membro posterior direito e teve que passar por cirurgia.

No dia seguinte, após passar a noite sob cuidados de técnicos do CPDF, começou a procura por instituições que realizassem a cirurgia. A Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro se colocou à disposição para ajudar. O potro foi levado à UFRRJ e recebeu toda a atenção e cuidados dos médicos veterinários Ricardo Siqueira e Bruno Gonçalves, além dos acadêmicos estagiários que fazem parte da equipe.

A cirurgia foi realizada na última sexta, dia 19, para colocação de placa óssea e parafusos. Tudo transcorreu bem e o animal já está se alimentando. A comoção pela saúde do potrinho foi tanta, que uma enquete foi realizada no Facebook, pelo Grupo Animais Sem CEP, para escolher o seu nome. E o escolhido foi Lucky, que significa “sorte” em inglês.

Assim que o sortudo Lucky se recuperar, será encaminhado à Fazenda Modelo, onde será bem cuidado e, quem sabe, encontrará alguém para adotá-lo.








terça-feira, 26 de maio de 2015

CENTRO DE ZOONOSES GANHA EQUIPAMENTO PARA SEGURANÇA DOS TRABALHADORES

O Centro de Vigilância e Fiscalização Sanitária em Zoonoses Paulo Dacorso Filho – CPDF – acaba de adquirir uma lavadora de alta pressão com água quente, para desinfecção do ambiente em que animais resgatados das ruas são transportados, para evitar a contaminação dos profissionais.

De acordo com o diretor do CPDF, Mauro Blanco, o novo equipamento vai diminuir a concentração de microrganismos patogênicos no ambiente, dificultando a ocorrência de infecções.

“Rotineiramente os profissionais do Centro vão às ruas e trazem com eles animais muitas vezes doentes e carregando microorganismos capazes de transmitir doenças. Com essa máquina, as caçambas das viaturas, gaiolas, carretinhas e outros equipamentos utilizados para conter os animais serão esterilizados. A água fervente elimina, em poucos minutos, os fungos, quase todos os vírus e as formas vegetativas das bactérias. Segurança para eles, segurança para nós”, comemora Mauro.

quinta-feira, 14 de maio de 2015

ACADÊMICOS DE MEDICINA VETERINÁRIA CONHECEM CPDF

Nesta semana, no dia 11, o CPDF – Centro de Vigilância e Fiscalização Sanitária em Zoonoses Paulo Dacorso Filho – recebeu os alunos do curso de Medicina Veterinária  da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro – UFRRJ, para apresentar-lhes o local e todo o trabalho feito para a prevenção de riscos à saúde da população carioca, através do cuidado com a saúde dos animais.

Durante o dia, os acadêmicos percorreram todas as instalações e foram apresentados aos responsáveis pelas Gerências Técnicas, que mostraram as especificidades de cada área.

Essa visita guiada faz parte de um convênio entre Secretaria Municipal de Saúde e UFRRJ, para ambientar os alunos à rotina profissional da área em que estão estudando.

Segundo o diretor do CPDF, Mauro Blanco, “oportunidades como essa são importantes para as duas instituições, já que se constituem em fantásticos momentos de troca de experiências. Todos ganham com esse tipo de intercâmbio”.

terça-feira, 28 de abril de 2015

MAIS UM CÃOZINHO É ADOTADO

É muito importante divulgar que o Centro de Zoonoses promove a adoção dos animais por ele tutelados. Sempre que aparece um(a) adotante, nossas equipes fazem questão de perguntar se a pessoa autoriza a divulgação de sua imagem – e do animalzinho, claro – para que a história possa ser contada neste Blog. Dessa forma, procura-se incentivar que outras pessoas sigam esse exemplo de amor.

Hoje, o felizardo que encontrou um lar foi o cãozinho que ilustra esta postagem, nascido no Centro. A mãe dele foi atropelada e acabou indo para lá, recebendo todos os cuidados possíveis por ocasião de sua chegada. Já estava prenha quando foi resgatada.

Antes de adotar um bicho de estimação, é preciso que o candidato a ‘dono’ tenha certeza de que estará disposto a cuidar dele por toda a vida. Além de carinho, alimentação e abrigo, o animal precisa de cuidados veterinários e remédios.

Adotar é muito simples. Clique aqui para obter as orientações necessárias.

CENTRO DE ZOONOSES RECEBE NOVOS HOLOFOTES


Neste último final de semana tiveram início as atividades de instalação de holofotes em algumas áreas do Centro, notadamente as que permaneciam muito escuras durante a noite.

Onze equipamentos foram adquiridos e trarão esse incremento necessário à iluminação dos ambientes internos, possibilitando maior segurança à integridade das instalações, aos animais, bem como aos profissionais que fazem parte do plantão
noturno.

sexta-feira, 24 de abril de 2015

A FÁBULA REAL DE BARBUDINHO




Barbudinho é um cão que, como muitos e muitos outros, passou por maus bocados e foi parar no Centro de Zoonoses Paulo Dacorso Filho. Ele vagava pelas ruas do bairro de Campo Grande, bastante ferido e aterrorizado. Sempre que um bom samaritano tentava ajudá-lo, as reações de Barbudinho eram tentar atacar e, em seguida, fugir o mais rápido possível.


Através de uma chamada pela Central de Atendimento 1746, o Centro foi acionado e uma equipe seguiu para resgatar o cãozinho. Pela primeira foto, podemos perceber o estado em que ele se encontrava quando chegou lá, em 18 de fevereiro de 2015.

De imediato, houve uma comunicação com a direção da Unidade de Medicina Veterinária Jorge Vaitsman – UJV – , que prontamente se colocou à disposição para prestar o apoio necessário. Algo precisava ser feito com rapidez.

Chegando na UJV, Barbudinho recebeu a atenção de obstinados médicos veterinários. Submeteu-se a uma amputação e, aproveitando-se a oportunidade, foi esterilizado visando posterior adoção. Todos os procedimentos ocorreram dentro da normalidade e a recuperação foi excelente. A imagem de Barbudinho após as cirurgias pode ser conferida neste post.

Hoje, plenamente recuperado, Barbudinho é visto pelos pátios da Unidade Jorge Vaitsman correndo feliz, mesmo com um membro amputado. Parece uma fábula, um conto de fadas animal, mas é pura verdade. E o final dessa história é ainda mais feliz..

Uma das médicas veterinárias que lá trabalha se encantou por ele e vai adotá-lo. E viverão felizes para sempre!


*Texto sugerido por Mauro Blanco, que é diretor do Centro de Zoonoses Paulo Dacorso Filho.

quarta-feira, 25 de março de 2015

NOVIDADES NA ADMINISTRAÇÃO

Após adequação necessária em uma das salas do Centro de Zoonoses, nossa Administração ocupou o novo espaço. O local recebeu piso novo, pintura e passou por revisão geral na rede elétrica.

A equipe, chefiada pela servidora Helena Silva, gostou muito da novidade. Agora, a nova Administração fica em frente à sala da Direção, possibilitando rápida interação entre ambas as instâncias em prol do bom andamento do serviço.

A sala da Administração recebeu até um claviculário novinho em folha, em substituição ao equipamento existente, que era muito grande e já desgastado pelo tempo.

Na foto acima: Gerente Helena Silva com o novo claviculário da Sala da Administração.


Figura 2: “Antes e Depois”, mostrando o espaço no mês de fevereiro/2015 e como ficou um mês após. Da esquerda para a direita: Mauro Blanco, Diretor do Centro de Zoonoses, Helena Silva, Gerente Administrativa, e parte da equipe, com Rita, Valquíria, Solimar, Pâmela e Mariano.